O Labirinto do Saber conta com a participação de profissionais com vivências e lições aprendidas em assessoria, docência, projetos e pesquisas envolvendo a gestão de unidades de informação, o acesso e uso da informação para a construção do conhecimento nas organizações, sob a ótica do desenvolvimento da Competência em Informação na era da conectividade e inovação.

Participam do Labirinto do Saber:

 

Regina Celia Baptista Belluzzo

Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Escola de Biblioteconomia e Documentação de São Carlos (1966), graduação em Direito pela Faculdade de Direito de São Carlos (1972), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1989) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1995). Atualmente é professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (UNESP-Marília, integrante da Linha de Pesquisa “Gestão, Mediação e Uso da Informação” e do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia (UNESP-Bauru). Possui experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Gestão da Qualidade em Sistemas de Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: competência em informação, bibliotecas universitárias, gestão da informação, sociedade do conhecimento e da aprendizagem.

 

Marcia Rosetto

Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela ECA/USP (1975). Mestre em Ciências da Comunicação, Área de Concentração em Ciência da Informação e Documentação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo ECA/USP (2003). Doutora em História da Ciência pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2012). Especialista em Sistemas Automatizados de Informação (1999) e Metodologia do Ensino em Biblioteconomia (1985), (Universidade Católica de Campinas). Coordenadora do Projeto e Desenvolvimento da Biblioteca Virtual da América Latina – BV@L da Fundação Memorial da América Latina (2007-2009). Assessora da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo para o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, Programa São Paulo um Estado de Leitores, e Organização das Bibliotecas de Poesia e do Poeta Haroldo de Campos da Casa das Rosas (2004-2005). Diretora Técnica do Serviço de Processamento Automatizado do Sistema Integrado de Bibliotecas SIBi/USP Banco DEDALUS (1989-2002). Possui experiência em arquitetura de sistemas de informação; concepção, desenvolvimento e implementação de sistemas automatizados com ênfase em catálogos online, bibliotecas digitais e virtuais com utilização de formatos metadados como MARC 21 e Dublin Core. Experiência em organização e dinamização de cursos e treinamentos especializados na área de automação e mediação da informação, e organização de eventos na área de Biblioteconomia e Ciência da Informação, atuando em temas, tais como: competência em informação e midiática, gestão da informação e  metodologia qualitativa.

 

Glória Georges Feres

Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Escola de Biblioteconomia e Documentação de São Carlos − EBDSC (1977). Especialização em Documentação pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo − FESPESP (1980). Mestrado em Educação para a Ciência pela Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP/Bauru (2001) e Doutorado em Educação para a Ciência pela Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP/Bauru (2010). Experiência como Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Filosofia e Ciências (UNESP − FFC/Marília) e como Integrante da Linha de Pesquisa Gestão, Mediação e Uso da Informação. Possui experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Gestão em Unidades da Informação, atuando nos seguintes temas: competência em informação, bibliotecas universitárias, gestão da informação, sociedade do conhecimento.